IGREJA DE SANTA CLARA PANOTOUR GLOBAL


Convento de Santa Clara

  • Igreja de Santa Clara
  • Vila do Conde
  • Santa Clara
  • Santa Clara Abside
  • Convento de Santa Clara

Igreja conventual gótica de planta cruciforme construída em 1318-1526 por iniciativa de D.Afonso Sanches filho bastardo de D.Dinis. Apresenta um transepto de grandes dimensões coberto a madeira e cabeceira tripla contrafortada de planta poligonal abobadada, abrindo-se o portal principal na fachada lateral Norte. Segundo a escritura da fundação - a que as freiras chamavam "o testamento dos senhores" - o Convento de Santa Clara destinava-se ao amparo das fidalgas pobres. O edificio começado por D.Afonso Sanches e D.Tareja, ainda ficou incompleto (ainda que habitado) por morte de ambos; foi concluido por seu filho D.João Afonso. D.Tareja de Meneses neta materna de D.Sancho IV de Castela, descendia por seu pai de D.Sancho I de Portugal e da sua amante "Ribeirinha" que recebeu de D.Sancho I o senhorio de Vila do Conde, tendo D.Tareja ficado com o senhorio de Vila do Conde.
Em 1650 a preocupação que a abadessa sentia com as condições em que viviam as irmãs, dada ruina em que se encontravam as dependencias conventuais, impulsionaram a construção de um novo edificio de dormitórios, que apenas seria parcialmente construido a partir de 1778, em estilo neo-clássico. Este edificio de dormitórios viria a ser transformado em 1902 em Casa de Correção e Detenção. Posteriormente na década de 40 é adaptado a Escola Profissional, onde é ensinado um oficio que os torne úteis à sociedade.

Capela dos Fundadores

  • Capela dos Fundadores
  • Tumulo D.Afnso Sanches

    Tumulo de D.Afonso Sanches

  • Tumulo D.Teresa Martins

    Tumulo de D.Teresa Martins

A Capela dos Fundadores em estilo manuelino, foi mandada construir no primeiro quartel do século XVI por iniciativa da Abadessa D.Isabel de Castro, para albergar os tumulos dos fundadores do Convento, Dona Teresa Martins e D.Afonso Sanches.
O principe poeta, em traje de cavaleiro, segurando numa mão a sua espada de guerreiro e na outra uma lança. A seus pés um leão, símbolo da sua nobre linhagem. O escudo de armas de D.Afonso aparece representado no facial dos pés.
D.Teresa enverga o hábito de irmã Terceira de S.Francisco, de véu e toalha ocultando a cabeça, e um cordão cinge-lhe a cintura. Nas mãos segura um livro, alusão às suas obras de devoção. Aos pés um veado simboliza o cristão que se redime dos pecados pela Penitência.
Duas arcas tumulares menores, guardam os restos mortais de dois filhos que faleceram ainda na infância.

Igreja de Santa Clara - Interior

  • Capela mor
  • Nave
  • Tumulo dos Condes de Cantanhede

    Tumulo dos Condes de Cantanhede

  • Tumulo de D.Brites Pereira

    Tumulo de Dona Brites Pereira


VISITA VIRTUAL 360º



My Image
My Image