SÉ CATEDRAL CASA DO CABIDO

My Image
SÉ CATEDRAL
CASA DO CABIDO
My Image

VISITA VIRTUAL 360º


Sé Catedral do Porto - Sala Capitular

SALA CAPITULAR

A sala capitular é revestida com silhar de azulejos de Lisboa, com cenas mundanas e de caça, colocados em 1719-1720 por João Neto da Costa. O retábulo ao centro com a imagem de Jesus Cristo crucificado é obra de Domingos da Rocha. O tecto desta sala é de masseira com caixotões de talha dourada, nos quais se veem pinturas alegóricas, de estilo maneirista, de autoria de Giovanni Battista Pachini.

CARTÓRIO

O cartório tem as paredes forradas com silhar de azulejos de autoria de António Vital Rifarto. Esta sala serviu durante muito tempo de vestíbulo da sala capitular, embora conservasse a função de arquivo. O uso do cartório como sala de passagem para a capitular era natural, dado que tinha acesso pelo claustro superior, e por ele passariam os cónegos para a Sala Capitular onde eram feitas as reuniões.

CASA DO CABIDO

Este edificio substitui o construído no último quartel do séc. XVI, por iniciativa do bispo D.Frei Marcos de Lisboa. Em 1708 o Cabido resolveu demolir por não se ajustar às necessidades de então. O projecto é de 1709 do arqº João Pereira dos Santos, porém a construção só viria a iniciar-se em 1717, e só ficaria completa quando foi construida a escadaria de acesso ao claustro por Nicolau Nasoni. O edificio actual da Casa do Cabido de planta rectangular tem três pisos. O primeiro piso previsto para os celeiros do Cabido, divide-se em quatro compartimentos, comunicantes entre si, coberto cada um de abóbada de berço. No segundo piso fica o museu do espólio da Casa do Cabido. O terceiro piso, o andar nobre do edificio, divide-se em três compartimentos : o anticabido, ao cimo da escadaria que vem do claustro, a sala capitular e o cartório.